• Gabi Gobo

O dia que eu fui ver “Coração de Cowboy”

Quando fiquei sabendo que seria lançado um filme sobre um “amor de cowboy”, que envolvia nossa universo sertanejo eu pirei! Criei uma expectativa danada afinal, não é todo dia que a gente “se vê” nas telas do cinema.


Pois bem, não consegui ir no lançamento ao cinema mas, no dia seguinte já estava lá, para uma noite de meninas, regada a fofoca, shopping e tudo que tem direito 😂


O filme conta a história de um cantor sertanejo mega famoso, Lucca, cheio de sucessos porém, pouco feliz! No auge da sua fama o que realmente fazia falta era tocar seus “modões” e sua vida no interior. Em resumo, ele precisava se reencontrar porque só lançar hits não era suficiente. Voltando pro interior se deparou com problemas do passado, amigos de infância e histórias para serem resolvidas.

Até aí ótimo, potencial pra ser um romance lindo e uma trama completa porém, não foi bem isso que aconteceu..

A ideia principal do filme é muito boa, tem um critica forte sobre a música sertaneja atual que, por conta do cenário em que vivemos, acabou deixando de lado suas raízes e jogando no "topo das paradas" apenas o que da resultado financeiro e atinge a massa. Porém não é essa base que sustenta o filme todo.. não tem um "drama" ou uma reviravolta, tudo é muito clichê e óbvio mas, não daquele jeito que arrebata a gente sabe? Quando da a entender que algo emocionante acontecerá pronto, a cena é cortada e já pula pro resultado final! Não tem uma expectativa e nem mesmo um final plausível, com algo concreto.


AH MAS GABI, tem filme que não tem final mesmo... SIM, mas nesse caso, ele te revela alguma informação e te deixa pensando sobre o assunto, é sempre algo proposital, que obriga o expectador a se envolver e no caso de "Coração de Cowboy", no meu ponto de vista, infelizmente, não aconteceu. Fiquei chateada pois era um ótimo momento para expandirmos ainda mais a nossa cultura, levar através do cinema a força do campo e todo conteúdo que temos a oferecer além de, quem sabe, conquistar mais apaixonados pelos cowboys e cowgirls.. Sobre os figurinos, o que me impactou foi a camisa que o Lucca ( Gabriel Sater) usa nas ultimas cenas e as texanas da Paula (Thayla Ayala), de resto, tudo bem simples e básico - e pelo amor de Deus, Lucca precisava de um chapéu incrível porém, não é o caso! No geral é um filme realmente pra quem gosta de música sertaneja porque, a melhor parte fica por conta da trilha sonora e das participações das duplas como Marcos e Belutti, Rionegro e Solimões e os incríveis Chitãozinho e Xororó.



E pra quem não viu no instagram (@jeitodecowboy) SIM, nós ajoelhamos quando tocou o hino Evidências <3

Eu sei que tem gente que não vai concordar e que vai amar de paixão o filme - ÓTIMO- mas eu precisava ser sincera com vocês e contar realmente a minha opinião! Um Super Beijo, Gabi Gobo


#CoraçãodeCowboyofilme #CoraçãodeCowboy #JeitodeCowboy

  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • TikTok
  • Pinterest - Black Circle

© 2018 | Jeito de Cowboy por Gabi Gobo